Campanha Permanente em Defesa da Extensão Popular

Experiência da Ocupação Comuna Amarildo de Souza e do Projeto Comuna: por uma Universidade Popular

Experiência da Ocupação Comuna Amarildo de Souza e do Projeto Comuna: por uma Universidade Popular

O Encontro Nacional dos Movimentos em luta por uma Universidade Popular – ENMUP deu um importante passo na nacionalização desse projeto para nossa Educação e para as nossas Universidades. Através da Carta de Fortaleza foi pensada coletivamente uma linha política e organizativa comum, alem de uma articulação nacional, para os MUPs já existentes e para aqueles que começariam a ser implementados pelos militantes, movimentos e entidades que participaram do Encontro e viram a necessidade de construir espaços para atuação nos seus locais de Estudo e moradia.

Dentre essas deliberações estava o mapeamento das experiências de Extensão Popular, ou seja, projetos de Extensão vinculados às necessidades da classe trabalhadora e que incorporem as experiências culturais e políticas existentes para além dos muros da universidade.

Na primeira reunião da Articulação Nacional dos MUPs, em Dezembro de 2014, na cidade de Goiânia, deu-se continuidade ao debate sobre Extensão Popular e deliberou-se a Campanha Permanente em Defesa da Extensão Popular. Alem do mapeamento, definiu-se a importância de difundir as experiências já existentes, no sentido de aglutinar forças para novas construções e para se contrapôr à lógica assistencialista, mercadológica e privatista que tem reinado nas Extensões Universitárias e na Universidade como um todo.

Formou-se então uma Comissão Nacional para a formação de uma Campanha Permanente para dar continuidade à discussão, ao mapeamento, à divulgação das experiências existentes e sobretudo para fomentar a construção de novas experiências.

Todos os movimentos, entidades, organizações e militantes que tenham alguma construção nessa área, ou mesmo que tenham interesse, sintam-se completamente à vontade para entrar em contato. Trata-se de uma construção apenas iniciada, e que tem como importante principio o respeito às diferenças e o amplo debate.

Anúncios
Esse post foi publicado em Notícias e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s